segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

“Mastering the Art of ” Acting



Vi este filme há pouco mais de uma semana. Na minha opinião o argumento não é excepcional. As personagens não têm uma densidade psicológica significativa. Talvez o facto de serem duas mulheres que amam cozinhar tivesse dificultado a minha identificação com Julia e Julie. Nem o facto de uma delas ter criado um blogue para mudar a sua vida me entusiasmou. Mas uma coisa é certa: Meryl Streep prova-nos, mais uma vez, que é uma actriz extraordinária. Não é por acaso que a nomearam para mais um Óscar pela sua interpretação neste filme. Não é só o sotaque e a composição física da personagem que nos causam um impacto enorme. Ela é daquelas actrizes singulares que, em cada nova personagem que encarnam, nos fazem esquecer que são apenas actrizes. Neste filme ela é Julia Child. Não sei se a verdadeira Julia Child seria assim. Mas não duvido que, a partir de agora, é assim que a recordarão.

4 comentários:

  1. Portanto, a Ana não gosta de cozinhar... :)
    Quanto a Meryl não tenho dúvidas: é a melhor atriz de cinemadas últimas décadas. Mas eu sou suspeito... pois gosto de cozinhar :).

    ResponderEliminar
  2. Pois não, A.C. Mas gostava de gostar :) A M. Streep é mesmo uma actriz única. Porém desconheço qual a sua relação com a cozinha apesar de, no filme, parecer bastante à vontade.

    ResponderEliminar